Inner Engineering: tecnologia espiritual sem novidades

Alejandro Borgo

“Muita tecnologia, mas não fizemos nada por nós mesmos”

“Nas últimas 24 horas, quantos momentos de alegria você teve?”

“Tensão, depressão, ansiedade … por quê?”

“Nenhuma engenharia interior foi feita para você, não é?”

Leer este artículo en español aquí.

Essas são algumas das frases que se ouvem no vídeo informativo da Inner Engineering (Engenharia Interior), outra tecnologia que surgiu no ritmo do estresse, aproveitando o Covid-19, é claro.

Não é outra coisa senão a “sabedoria” antiga (mais uma…), liderada por Sadhguru (Sadhguru Jaggi Vasudev, nascido em 1957), fundador da Fundação Isha, “um dos autores mais vendidos do New York Times. Nomeado entre as 50 Pessoas mais influentes da Índia, Sadhguru foi homenageado com prêmios presidenciais por seus serviços excepcionais à sociedade e ao meio ambiente”.

Sadghuru vendeu milhões de exemplares de seus livros e ganhou inúmeros prêmios presidenciais, mas não diz nada de novo, como todos aqueles que nos prometem felicidade instantânea, fácil e envolta em roupagem mística, sem descuidar do cidadão ocidental, terrivelmente angustiado por não saber o que acontece. Sadghuru sabe e quer ajudá-lo, mas precisa de dinheiro.

Quanto? Não é muito. Apenas 40 dólares. E para quem se inscrever antes do 3 de setembro, 50% de desconto. Não está claro quantas vezes devemos pagar a taxa de $ 40, mas considerando que se trata de saúde, o que importa?.

Tal vez você não pode fazer cursos presenciais. Não importa. A sabedoria encontra seu caminho e você tem um webinar disponível.

São sete aulas: a mecânica da vida, o único vínculo, viver e viver totalmente, você não é o que pensa, Mente – O Milagre, sons da criação e criação do que deseja.

Os resultados parecem surpreendentes:

93 por cento dos participantes relataram melhora em seus níveis de ansiedade e depressão, e 90 por cento relataram melhora nas dores de cabeça e enxaquecas. Não é declarado como foi medida a melhora dos participantes. O importante é que eles se sentiram melhor.

Mas, além do webinar mencionado acima, há também Inner Engineering Conclusão, “pessoalmente hospedado por Sadhguru em cidades selecionadas ao redor do mundo”. Ninguém deve perder este presente cósmico:

“Para aqueles que não podem participar do programa com Sadhguru, Inner Engineering Conclusão é regularmente oferecido em centros de Isha ao redor do mundo por meio de instrutores de Isha Yoga”.

Esclarece-se que devido ao Covid-19 não há programas agendados neste momento. É por isso que o apoio de Sadhguru continuará apesar de nossas vicissitudes, online.

Anúncio de webinar de engenharia interna, GRATUITO para profissionais de saúde (Foto: agradecimentos a Anabella Loy).

No caso de apenas 2 cursos não serem úteis para alguém, existem mais opções: Engenharia Interior Total e Engenharia Interior Retiro. O último, “oferecido em meio ao cenário deslumbrante do Instituto Isha de Ciências Internas no Tennessee“, com “caminhadas em trilhas arborizadas, música ao vivo e refeições frescas e saudáveis para uma experiência imersiva e rejuvenescedora“.

Os beneficios:

Mantém alta a energia e uma sensação de alerta ao longo do dia

Melhora a comunicação e as relações interpessoais

Melhora a clareza mental, equilíbrio emocional e produtividade

Hmm … lemos “energia”, uma das palavras-chave para detectar charlatanismo em uma “disciplina” como a oferecida por Sadghuru.

Resultados espetaculares de Inner EngineeringHarvard Medical School Online Research” e “Rutgers University Research” são apresentados, mas não são artigos publicados em uma revista científica revisada por pares, como deveria ser. São apenas papéis timbrados e, para obter mais informações, indicam que as solicitações devem ser direcionadas a um e-mail de Isha, não da Harvard Medical School ou da Rutgers University.

E para terminar de moldar a massa pseudocientífica e solidificá-la em uma sabedoria ancestral, estão os depoimentos, entre eles o do médico e doutor em medicina alternativa Deepak Chopra, que diz:

“A Inner Engineering é fascinante. Se você estiver pronto, é uma ferramenta para ajudar a despertar sua própria inteligência interior, o gênio supremo que reflete a sabedoria do cosmos”.

Recomendamos a leitura de 5 Perguntas incisivas sobre Deepak Chopra, de Alejandro Agostinelli, para ter uma ideia de quem recomenda a Engenharia Interior. Agostinelli fala sobre Robert Sapolsky, da Universidade de Stanford, ex-colega de Chopra:

“Se seu colega Robert Sapolsky da Universidade de Stanford já teve algum respeito por Chopra, ele o perdeu em 1997. Segundo disse, ele poderia mostrar que para escrever o livro “Ageless Body, Timeless Mind” plagiou dois textos da sua obra “Endocrinologia Comportamental”. Ele entrou com uma ação que terminou com um acordo extrajudicial, em favor de Sapolsky. O editor tinha com que pagar a dívida: “Ageless Bodies …” liderou a lista de mais vendidos de The New York Times por semanas. Um título anterior de Chopra, “Quantum Healing”, já estava entre os dez mais vendidos por dois anos”.

Seguem-se depoimentos -ferramenta amplamente utilizada pelas pseudociencias- de um médico, uma atriz e uma cantora.

Em suma, Engenharia Interior é uma tecnologia espiritual sem novidades para o executivo oprimido e para a mulher entediada, para o profissional estressado e para o trabalhador oprimido e, por que não, como disse um inefável presidente da Argentina, “para as crianças pobres que têm fome e para os filhos ricos que estão tristes “, isto é, por cada um de nós. E vem com formato e nome tecnológicos, adaptados à clientela potencial do momento.

Leer este artículo en español aquí.

Obrigado a Carlos Orsi pelas correções da versão em português.

Alejandro Borgo

Alejandro Borgo es director de la revista Pensar, periodista, escritor e investigador de los fenómenos paranormales. Es representante del Center for Inquiry en la Argentina.

Alejandro Borgo é jornalista, escritor e músico. É Diretor da revista Pensar (pensar.org) publicada pelo Center For Inquiry, e diretor do CFI / Argentina.


Prohibida la reproducción total o parcial, por cualquier medio, de los textos publicados, excepto por autorización previa.

La revista Pensar y el Center For Inquiry no son responsables por las opiniones, ideas y otras expresiones vertidas por los autores de artículos, notas, reseñas y otros textos aquí publicados.